A transformação do cultivo de algodão no nordeste

O início da cultura de algodão no nordeste brasileiro foi em meados do século XVIII, tendo o estado do Maranhão seu primeiro produtor e exportador de algodão para o mercado europeu, principalmente para países como Inglaterra e Portugal. A partir daí iniciou-se o processo de beneficiamento do algodão no Brasil.

Hoje o estado da Bahia se destaca como o maior produtor de algodão no nordeste brasileiro, sendo responsável por mais de 90% do algodão em pluma da região. Por ser um produto de extrema importância sócio econômica, trouxe riqueza para indústrias, agricultores e trabalhadores rurais.

Atualmente a cotonicultura está passando por um processo produtivo com mudanças tecnológicas para a expansão da cultura e do beneficiamento do algodão. Através da  ferramenta de Beneficiamento de Algodão dentro do software Protheus da TOTVS, podemos controlar todo o processo de beneficiamento. Confira quais são os processos dessa transformação apoiados pela solução da TOTVS;

  • Controle dos Fardões na fazenda e entrada nas unidades beneficiadoras
  • Beneficiamento dos Fardões
  • Impressão de etiquetas padrão ABRAPA
  • Separação e rendimento do conjunto do algodão
  • Rendimento da pluma e seus derivados
  • Blocagem
  • Classificação HVI e visual
  • Controle de reservas
  • Contratos de vendas
  • Instrução de embarque e romaneios de saída.

Potencialize o controle no processo de beneficiamento com o software de beneficiamento de algodão no Protheus da TOTVS.

Solicite uma demonstração com nosso especialista clicando aqui.

Fonte: AMPASUL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *