Solução de marketplace da TOTVS pode triplicar vendas virtuais

Com integração total aos sistemas de gestão da companhia, os ambientes compartilhados de vendas se mostram a solução ideal para empresas que almejam aumentar o comércio online

 

São Paulo, 07 de novembro de 2016 – O faturamento do e-commerce no Brasil vem subindo ano a ano e, em 2015, chegou a R$ 41.3 bi, correspondentes a 106 milhões de pedidos, segundo o 33º estudo WebShoppers, da ebit. Os números mostram que o e-commerce reserva, portanto, muitas oportunidades para quem pretende vender. Ter uma loja online própria, no entanto, além de envolver investimento financeiro, traz consigo uma série de responsabilidades – como ter uma boa estratégia de mídia paga e de SEO (Search Engine Optimization) e um mecanismo que proteja de fraudes; o que, no final das contas, pode tornar a iniciativa pouco lucrativa e bastante trabalhosa. Além disso, mesmo aqueles lojistas que já possuem um e-commerce buscam, hoje, formas de otimizar a exposição de seus produtos.

A solução ideal para essas empresas são os marketplaces – ambientes de venda digitais compartilhados e gerenciados por grandes varejistas. Comprometida em ser uma ferramenta a favor do aumento de competitividade de seus clientes, a TOTVS disponibilizou ao mercado o TOTVS SalesHub, um módulo que integra o sistema de gestão da companhia aos maiores marketplaces do País, como B2W (Submarino, Americanas, Shoptime e Sou Barato), que teve mais de seis milhões de novos clientes em 2015; C-Nova (Extra, Casas Bahia e Pontofrio), que registrou uma média de 26 milhões de visitantes mensais no ano passado; e Walmart, que teve 250% de crescimento de usuários únicos no mesmo período.

“Nossos clientes ganham com a credibilidade desses varejistas, aumentam a exposição do seu produto e têm mais tempo para focar no seu negócio. Com isso, o resultado natural é um aumento de vendas e de faturamento. Além disso, por ser 100% integrado ao ERP, a ferramenta faz a gestão de estoque e, caso um produto se esgote, ele é retirado automaticamente de todas as lojas online onde estava anunciado”, explica Mauricio Trezub, diretor de E-commerce da TOTVS.

Com a adoção do TOTVS SalesHub, o lojista ou indústria fica responsável por definir preço, controlar estoque, emitir nota fiscal e entregar o produto. Já o marketplace responde por mídia e publicidade, vendas, recebimento do pagamento e análise antifraude, custos que podem representar até 25% das despesas de um comércio virtual, além do repasse das transações para o lojista. O balanço final é que a solução torna os clientes até três vezes mais lucrativos, mesmo diante do pagamento médio de 15% de comissão das vendas realizadas.

Um exemplo disso é a Wolloko, cliente TOTVS do segmento de acessórios automotivos com 23 anos de mercado, sendo 13 anos no comércio eletrônico. A empresa aumentou em 50% as vendas online após o ingresso nos marketplaces. Já a Café Store, loja virtual de cafés com mais de 10 anos de mercado, tinha o desafio de divulgar seu setor de atuação para o mercado e, após a aquisição do TOTVS SalesHub, teve um acréscimo de 20% sobre as vendas.

A facilidade de gerenciamento da operação é outro diferencial. O SalesHub utiliza o cadastro de produto já feito pelo cliente TOTVS, que precisa apenas enriquecê-lo, dependendo do caso, para se adequar aos padrões das lojas online. Para que esse processo seja rápido e efetivo, a TOTVS presta uma consultoria, inclusa na aquisição da tecnologia. “Somos parceiros de nossos clientes na jornada para que seus negócios sejam cada vez mais digitais, integrados e competitivos. Construir a visibilidade deles dentro dos marketplaces é um passo essencial para viabilizar mais vendas”, afirma Trezub. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *