O alto custo das causas trabalhistas

Segundo site do TST – Tribunal Superior do Trabalho, no ano de 2014 R$ 16.322.936.054,17 foram pagos aos reclamantes. Os valores pagos decorrentes de acordos judiciais representaram 37,34% do total e reduziram 8,87% em relação a 2013. Os dados de 2015 ainda não foram fechados, mas há uma tendência de alta para o período.

Quando observamos esses números classificando a atividade econômica da empresa, o segmento de Serviço representa 22,1%, ficando atrás somente do segmento de Manufatura que ficou com 24,2% do total desembolsado.

estatistica

 

Se formos nos aprofundar nesses números, vimos que o maior volume destas reclamações corresponde ao pagamento de horas extras, intervalo de intrajornada e indenização por danos morais. Dores bem comuns no segmento de serviços.

Esses valores também são decorrentes do alto índice de turn over que temos nas empresas de prestação de serviços.

Para auxiliar no controle das ações trabalhistas, temos em nossa solução core o Controle Disciplinar, onde podemos relatar as ações de mérito e punição de cada um dos colaboradores, bem como soluções para Recursos Humanos destacando os processos de Gestão de Pessoas e Medicina e Segurança do Trabalho.

Temos também, a solução de Gestão de Departamentos Jurídicos onde destacamos como diferenciais na solução a gestão efetiva de contingências, facilidade na troca de informações com o RH, gestão do conhecimento por meio da solução de GED, atualização automática de valores judicias, recebimento dos recortes de Diários Oficiais de forma automática e a agenda consolidada de tarefas e compromissos de todos os assuntos jurídicos.

Desta forma, a TOTVS, empresa de software, serviços, plataforma e consultoria tem como compromisso contribuir para que seus clientes sejam, cada vez mais, competitivos no mercado em que atuam.

Conheça nossas soluções, para saber mais consulte a TOTVS e agende já uma visita pelo 0800 70 98 100.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *