Leite ganha solução de gestão do processo e relacionamento

A TOTVS apresenta um novo módulo dentro de seu sistema de gestão, voltado à aquisição de produtos agrícolas. Na fase de lançamento, a ferramenta está focada na compra de leite, mas será expandida para outros insumos nas próximas atualizações. O público-alvo da funcionalidade é a indústria de laticínios, que apresenta uma forte demanda por controle de qualidade.

A compra do leite envolve produtores, transportadoras e indústrias de laticínios. Por isso, a tecnologia oferecida pela TOTVS gerencia os processos da cadeia de suprimentos de forma completa, passando por aquisição, transporte, controle de qualidade, gestão de custos com captação e pagamento. Nela, é possível, por exemplo, definir rotas com pontos de coleta do insumo, informando os responsáveis.

Além disso, o monitoramento do transporte é realizado por compartimento do caminhão, garantindo toda a rastreabili

dade necessária. Na entrada da matéria-prima, são registradas as informações desde a placa do veículo e nome do motorista até a quantidade, peso e volumes recebidos. A partir daí, inicia-se todo o processo de análises laboratoriais (internos e externos), permitindo a liberação ou não do lote de cada repartição para uso da indústria. Os resultados das avaliações são inseridos no ERP e um técnico responsável define a aprovação ou reprovação dos produtos, de acordo com os valores de referência previamente cadastrados.

O sistema oferece um menu de não-conformidades para que cada uma seja tratada de acordo com suas características, sendo possível avaliar divergência de quantidade, qualidade, procedimentos de transporte, entre outros. De acordo com estas apurações, podem ser penalizados o produtor ou a transportadora, descontando o custo do leite não aproveitado do valor a pagar. É possível definir, de forma flexível, regras para formação dos preços que levam em conta volume, análises, bônus e punições.

“O setor precisa medir diversos indicadores em relação à matéria-prima comprada no momento do recebimento e, em função dessa análise, realiza o pagamento dos fornecedores. Por isso, desenvolvemos um módulo capaz de controlar cada etapa do processo, o que permite que nossos clientes reduzam riscos e custos, além de ganharem agilidade”, explica Carlos Valle, diretor do segmento de Manufatura da TOTVS, explicando que por meio dessa tecnologia, a indústria pode, também, gerenciar as parcerias feitas com os produtores. “Nesse mercado, é comum que o fornecedor do leite faça a aquisição de insumos para sua atividade em estabelecimentos conveniados com a indústria e o custo disso seja abatido do preço final do produto”, conta Valle. Nesse caso, o Fechamento Financeiro leva em consideração adiantamentos, empréstimos, convênios, entre outros, para a apuração dos Créditos e Débitos do período e fechamento do demonstrativo de pagamento.

Além disso, o módulo de gestão de aquisição de produto agrícola, complementa Valle, “proporciona às indústrias que processam leite a tranquilidade de que cada preço será formado em cima dos critérios por elas definidos e, acima disso, que sua mercadoria final contará com insumos da melhor qualidade”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *