Bloco K – Conceito, Impactos e Benefícios

Bloco K é a mais nova forma de escrituração do Livro Registro de Controle da Produção e Estoque vinculado ao Sistema Público de Escrituração Digital através da EFD ICMS IPI.

O objetivo do Bloco é facilitar a demonstração de dados referentes ao processo produtivo das industrias e equiparados e também da comercialização com atacadistas, bem como:

  • Padronizar critérios de documentação da movimentação interna do chão de fábrica;
  • Estruturar a movimentação dos estoques das empresas para o chão de fábrica;
  • Permitir a visualização de forma transparente sobre a escrituração de todo o processo produtivo seja na aquisição de insumos, venda de sucatas ou ainda na reutilização de mercadorias dentro do próprio processo produtivo;
  • Permitir ao ente tributário uma fiscalização eficiente através do compliance dos dados transmitidos;
  • Facilitar o combate à sonegação fiscal;
  • Possibilitar um rápido retorno dos benefícios fiscais de direito do contribuinte.

A digitalização do Livro Registo de Controle da Produção e Estoque é um grande desafio para o governo, devido à dificuldade de sistematizar e padronizar todas as situações vivenciadas pelo setor industrial já que muitas de nossas empresas, no que tange ao processo produtivo, sequer são informatizadas.

Em contrapartida, as empresas enfrentam o grande desafio de não só transformar o seu processo produtivo em dados palpáveis, mas também modificar toda uma cultura na forma de controle e produção e armazenamento de seus produtos, além de ter que “juntar” o chão de fábrica com a contabilidade e o departamento fiscal para juntos buscar uma solução informatizada e adequada aos novos procedimentos.

Como benefícios as empresas terão uma maior facilidade em cobrar do governo benefícios em prol dos tributos arrecadados e uma gestão completamente condizente eficaz com o mundo globalizado.

FIQUE ATENTO

A obrigatoriedade de transmissão do Bloco K na obrigação acessória EFD ICMS IPI acontece em 01/01/2017

Para os estabelecimentos industriais classificados nas divisões 10 a 32 da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) pertencentes a empresa com faturamento anual igual ou superior a R$300.000.000,00.

Quer conhecer mais sobre conceitos, impactos e benefícios do Bloco K?

Clique aqui e participe do nosso webinar programado para o dia 18/8 das 15h às 16h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *