Busca por maior produtividade nos armazéns leva TOTVS a modernizar sua solução WMS

Entre as inovações disponibilizadas ao mercado está a Central de Mensagens para a comunicação entre base e armazém e controles para empresas que trabalham com produtos a granel

Agilidade, flexibilidade e produtividade foram as necessidades que motivaram a TOTVS a evoluir a sua solução de WMS (Warehouse Management System) disponibilizada hoje ao mercado. O objetivo é oferecer novos facilitadores de processos que tornam a tecnologia mais leve, mas, ao mesmo tempo, mantém o mesmo nível de precisão e controle já oferecidos. Para isso, uma série de recursos foram desenvolvidos para otimizar o dia a dia dos clientes e garantir às empresas uma operação mais eficiente e dinâmica.

A rotina do armazém envolve a separação de diversos pedidos ao mesmo tempo. São muitas caixas e volumes nas áreas de conferência ou expedição, que podem ser confundidas durante o carregamento dos caminhões. Para apoiar este processo, a companhia criou a Identificação Visual de Volumes. A inteligência da automação de armazém está na etiquetação dos lotes, porém, com identificação visual, que pode ser um prisma, símbolos ou cores, é muito mais fácil dos operadores encontrarem os seus pedidos, sem a necessidade de escanear novamente todos os itens. Ganha-se agilidade e assertividade, reduzindo significativamente a perda de tempo nesta etapa.

A TOTVS também desenvolveu a Central de Mensagens para acabar com uma antiga dor do setor: os problemas de comunicação entre a base e os operadores dentro dos armazéns, locais em que normalmente não há sinal de celular ou Internet. Uma vez que já havia um endereçamento bastante avançado para se chegar à localização das mercadorias com os coletores de dados, que utilizam a rede RFID (Radio-Frequency Identification) e ficam na mão dos operadores o tempo todo, agora é possível enviar um alerta por cima de quaisquer outras telas informando as alterações e os novos direcionamentos a seguir, caso haja mudanças na prioridade das tarefas durante o dia. Com um simples recurso, a ferramenta pode representar importantes ganhos de produtividade e eficiência para a empresa.

Por sua vez, a funcionalidade de Alocação de Recursos ganhou evoluções para se moldar às necessidades dos diferentes portes de operadores logísticos. A rotina foi otimizada para permitir que o gestor faça apontamentos no modelo completo ou simplificado, garantindo flexibilidade no registro de informações de acordo com a necessidade de detalhamento que cada empresa precisa.

Além disso, com tradição no atendimento aos armazéns que trabalham com paletes, a TOTVS realizou um grande desenvolvimento no seu WMS para adaptá-lo às empresas que atuam com itens a granel, como argamassa, grãos e especiarias, por exemplo. Agora, o sistema está preparado para controlar produtos comercializados em quantidades variadas e pode ser customizado de acordo com as características específicas deste nicho de negócios, garantindo uma operação segura e com elevado nível de gestão.

“Com um conjunto de melhorias para levar produtividade, agilidade e flexibilidade ao dia a dia dos operadores logísticos, estamos seguros que, mais uma vez, evoluímos a nossa solução para apoiar as empresas na melhor condução dos seus negócios”, finaliza Carlos Valle, diretor do segmento de Logística da TOTVS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *